sábado, 4 de junho de 2011

Amar é pecado?



Existe alguma restrição em amar, ou melhor, existe alguma forma de pecado no amor?

Acredito que o maior pecado é não amar o ser humano e a si mesmo e também o Amor Maior (o divino), de fato o maior pecado é matar o amor dentro de nós, o matarmos  é matar o que ha de melhor em nós....o Amor....e que se fragmenta em nossas vidas pelo o outro que compartilha sua vida, suas emoções, seus desejos.
Acredito que nenhuma lei deva ser maior que o ser humano, não podemos deixar de viver o amor, pois é essencial em nossas vidas, como por exemplo nas diferentes formas que o vivenciamos, que nos da sentido e nos faz felizes quando o encontramos de fato que é o  Ágape que é o amor divino, Eros o amor masculino e feminino ou Filos o amor amigo.  Amar o ser humano é diferente de amar o pecado. E vale a pena lembrar o amor não é promiscuo, não passa por cima dos valores sociais e humanos, não é desrespeitoso, vive-lo tem suas entre linhas sim.
Não perceber isso poderá sim fazer com que estejamos falhando com o outro e conosco, pois a vida acaba quando o amor morre, e não simplesmente quando paramos de respirar, tem muita gente morta que respira e anda por ai, mas estão mortas por dentro por que desistiram do amor, da vida, de si mesmas.
Costumam dizer por ai que amor eterno é o proibido, o que não da pra viver, mas só descobrimos se é  quando vivemos, não há outra forma, por isso acredito que não há pecado no amor, ele é inacessível ao mal, por isso muitas vezes é preciso quebrar as regras que nos distanciam do amor divino, do amor ao próximo e do amor próprio, para que o esse na sua essência aconteça.

video


Se refazer é tão importante quanto viver, se não aprendemos a respeitar o que sentimos, como queremos o respeito dos outros, se não aprendemos a olhar o amor dentro de nós como queremos que os outros vejam o que sentimos por elas.

Transforme os pregos que feriram seu coração em rosas, verá que nenhuma cicatriz é eterna e as feridas são curadas quando tomamos a dose certa do antídoto que nos cura, o próprio veneno que tenta te matar pode te trazer o soro que poderá te curar, nos ferimos buscando o amor muitas vezes, mas quando o encontramos percebemos que tudo valeu apena.

"Transgredir a lei quando destrói o amor ou o outro sim é pecado, por isso não destrua o outro mas ajude as pessoas a se reconstruirem através do seu amor"

"Cuide bem do seu amor"


Autor do texto Cris Campos
Vídeos e Imagens da net


2 comentários:

  1. Concordo com voce que o amor é infinito, maior do que qualquer regra e restrições... contudo não acredito que o amor sobreviva ou seja bom pra voce e para as pessoas que te amam se for vivido sem limites... Os pais põe limites aos filhos por amor, relacionamentos trazem limites para que o amor floreça e produza frutos (filhos, segurança, convivëncia...), Deus nos coloca limites e muitas vezes nos diz não por puro e verdadeiro amor... porque somos imperfeitos e tendemos o tempo todo buscar mais e mais... mas nem sempre sabemos se tudo o que queremos realmente nos convém... Te amo!!!! Lu Voos

    ResponderExcluir
  2. de fato limite é muito importante , mas chamo esse limite de empatia, pois se colocar no lugar do outro é sempre necessário. bjo

    ResponderExcluir