domingo, 29 de julho de 2012

Morte versus loucura


             
           A morte não é tão dolorosa quanto à loucura, a morte nos leva além do chão, já a loucura tira nossos pés do chão, a descrença bate a porta do coração todos os dias tirando alegria em viver, a intolerância nos distancia de Deus, o amor não recebido mata a alma, mina o sentido, não receber amor mina as forças, mas não ter a quem se dar o amor que possuímos, faz a desolação devastar de dentro de nós tudo o que de melhor temos.
            A frase “é melhor dar que receber” deve ter saído desta visão quando alguém recebe de coração aberto aquilo que trazemos nos sentimos realizados por sermos importantes pra alguém, nos sentimos especiais por isso e mesmo que não recebamos na mesma proporção parece que de certa forma a felicidade nos alcançou através da importância que temos na vida do outro, já quando não temos ou não recebemos amor de ninguém nos justificamos em não sermos merecedores de tal privilégio, esquecemos-nos de como é importante aprender a receber, para oxigenar o coração, o isolamento nos visita, a solidão nos faz companhia, vejo o coração mais corajoso aquele o qual persiste em ser importante pra outrem, que levanta a bandeira de trégua, implorando por socorro, por amor.
            A loucura tem sua função assim como a morte, não se sentir especial é triste, mas ser tratado como especial por muitos e mesmo assim não se sentir, é o caos, é a desolação incompreensível, foge do habitual e a loucura parece se tornar necessário para não ver que todos os caminhos foram deteriorados pelo tempo, a vila que sonhava passar o fim de sua vida se tornou um lugar fantasma onde apenas a brisa leve consegue trazer algum som de portas batendo e rangendo de forma assombrosa, pois tudo parece e lembra ser o fim e este lugar se tornou deserto, um sonho vazio.
            Fazer o que, se só à beleza encanta, se os sonhos partiram para não voltar, mas pra trazer à lembrança a desesperança, de que o amor ainda vive mais onde depositar seu melhor, seu amor, se tudo que se olha lembra o fim, onde o único consolo seria a loucura, a loucura da beleza da vida, que se mostra na maquiagem bem feita, mas não consegue esconder por muito tempo o vazio da alma e a falta de sentido da vida.
            Ver o mundo com os olhos do amor, de Deus se faz loucura, na qual só a morte traz consolo, só o amor do coração do Criador nos traz a sanidade e faz a morte gerar vida.

video


‎" já pensei em desistir várias vezes, já pensei em fugir outras tantas,enlouquecer seria o mais sensato a ser feito, mas não posso, pq ainda há esperança e amor em mim e a fé prevalece, mesmo a vida provando o contrário através dos fatos"


Texto Cris Campos
Imagem da net

sábado, 21 de julho de 2012

Prece a Deus



Vejo a esperança longe dos corações dos justos e isso me aflige.
Vejo o fracasso estampando no rosto dos bons e isso me causa desanimo.
Vejo os seus, desprotegidos neste mundo e isso me entristece.
Vejo os cuidadores sendo esquecidos e isso mina minha alegria.
Vejo quem insiste em amar, morrendo na solidão, sou tomado pela frustração.

video

            Queria que todos os sonhos de criança não fossem ilusões, pois acreditei cegamente neles, nas promessas que me fiz, junto ao amigo que melhor me conhece, por ter crescido do meu lado e sinto tanta falta, pois talvez ele nem saiba mais sempre olhei pra ele com admiração e nunca com inveja (de nossas famílias morando em condomínios um do lado do outro).
            Gostaria de nunca ter perdido minha fé nas pessoas e nem em Deus, nem por um segundo que fosse, pois me lancei nesta crença e vivi toda minha vida pra isso, cultivei amizades que me doava por inteiro, fiz promessas de amor pra toda vida que nunca gostaria de vê-las desfeitas, cuidei de muitos e que não media esforços para vê-los bem.
            Tentei ser o melhor filho possível, o melhor amigo, a melhor companhia, tentei ser exemplo de superação, fé e de amor, acreditei que sendo assim, conseguiria ser um homem bom e de sucesso e acima de tudo o que mais me inspirava era a certeza que estava seguindo os caminhos escolhidos por Deus pra mim, segui os preceitos, as regras, as propostas, sempre paguei o preço por todas minhas escolhas, pois fazia por amor a Deus, nunca tive sombra de duvidas que por Deus qualquer escolha valeria apena.
            Mas chega uma hora que a pureza de coração não basta, que a inocência de criança não é suficiente chega uma hora que tudo faz você acreditar que ser bom nunca será o que realmente importa e amar não vence tudo, mesmo que você insista obstinado.
            Tentei ser um homem bom, mas correr atrás desta benção me trouxe também muita maldição, maldição de não poder errar, de não poder chorar na presença dos outros, de não poder ter fragilidade, de não poder pedir ajuda em um momento difícil, de não poder pedir colo em momentos de solidão e desespero, pois minha postura fez com que todo mundo esperasse demais de mim, então percebi o gosto amargo do fel, através da traição e da inveja de muitos, vi a mão de Deus pesar sobre mim, sem um motivo aparente.
            Tive na minha vida varias pessoas que me estenderam a mão nos momentos difíceis, mas nunca me senti cuidado por ninguém, cuidei de muitos com todo carinho e amor, por amor a Deus e a eles, nunca deixei um amigo pra depois, nunca um coração que precisava de afeto ficou sem meu carinho sincero, mas nada mudou diante da devastação que Deus fez na minha vida, tirando tudo que realmente me importava e amava, senti que Ele não teve piedade de mim, chorei um choro dolorido de ver, implorando que não acabasse com minha vida desta forma, pois eu não sabia onde é que tinha errado, gostaria de saber o que fiz para Deus, pra me deixar sem cuidado algum......... O que te fiz Deus? Por que tanta raiva de mim, por que a solidão é minha única e melhor companhia? Por que destruo tudo que amo? E quando tento construir algo no amor é Você quem me tira, o que foi que te fiz Deus?
            Se és um Deus ciumento e de amor, se sou tão importante pra Você então cuide de mim e não deixe que eu seja varrido da terra dos viventes sem realizar os sonhos inocentes de criança que acreditava em um  mundo melhor, salva  me Deus ,pois somente embaixo de suas asas encontro abrigo, um lugar secreto onde choro e ninguém vê, não terei jamais o cuidado de ninguém e Você sabe muito bem disso e melhor que ninguém, jamais negarei meu amor as pessoas, mas pra isso preciso tê-lo, devolve meu coração, minha fé , minha esperança, honra meu nome para que possa honrar o Seu, eis me aqui Senhor   e confesso que só tua Graça me basta. Amém



Texto Cris Campos
Imagem e musica da net

sábado, 14 de julho de 2012

Batalha contra Deus


                            
            A maior luta travada na vida é deixar de acreditar ou continuar acreditando, na vida, no amor, em si mesmo, por fim em Deus.
            Somos colocados todos os dias nas mais diversas situações frente a estas batalhas, sendo que já que temos que enfrentar então devemos com disciplina treinar focado no resultado, forjar a melhor espada, vestir uma armadura diferente e mais resistente que todas as outras, fortalecer o coração, a visão deve estar obstinada, confiar no treinamento que a vida te deu pra enfrentar seus desafios diários, e acima de tudo confiar na sua força.
            Foi assim que decidi descer até a arena e enfrentar Deus, como um guerreiro que escreve seu destino, forjado na coragem e na força obtida pelo seu treinamento, estando preparado, e com a melhor espada que por mim foi desembainhada, com a armadura mais resistente, decidido, confiante, guiado pelo seu coração, sabe que agora chegou a hora de confrontar se com Deus, a decisão foi tomada, a sorte lançada.
            Já na arena provoco Deus, ao ver que Ele veio ao meu encontro, me alegro por finalmente poder estar frente a frente, com Aquele que É.
            Quando inicio o combate com a espada empunhada, dentro de mim reina a certeza, enfim vou destruí lo, nunca mais brincará com minha vida, através de minha fé imatura, jamais me iludirá novamente e roubará meu amor, minha esperança, com ira parti ao seu encontro, com alegria no coração, por finalmente poder enfrenta lo, inferi um golpe sem piedade alguma, mas.......
            Mas fui surpreendido, pois qualquer mortal por mais bem treinado que fosse não teria resistido ao fio da minha espada o golpe foi certeiro e foi quando percebi que minha mais forte e melhor espada havia sido  destroçada, a mais bem revestida armadura foi tirada de mim, como que em um passe de mágica, e ao invés de golpear-me sem misericórdia, e com um único golpe poderia fazer isso, pois estava eu agora totalmente desprotegido, vulnerável, mesmo com coragem, passou por meus pensamentos, meu fim chegou.............. em uma visão e em questão de segundos pude ver toda minha vida, minhas quedas, minhas lutas, minhas derrotas, meus fracassos, meus desamores, minhas perdas, minhas conquistas, meus amores, meus entes queridos, meus amigos leais, minhas dores, minhas alegrias, tudo se esvaindo, me coloquei então na posição que um guerreiro de fé deve morrer,de joelhos, prostrado, marcado por ser um homem honrado, mas consciente que seria derrotado, assim estava me preparando para a morte, para meu fim , pois ele enfim havia chegado.
            Deus ao invés de desembainhar sua espada para dar o golpe de misericórdia, vi que suas mãos estavam vazias, quando com um toque ergue minha cabeça, olhando fixamente em meus olhos, me da um forte abraço fazendo que me sentisse amado com um amor nunca por mim experimentado, me amou, me amou tanto, que não pude conter minhas lágrimas, o coração ficou tranquilo,......levantei.......ao estar de pé vi muitos dos meus que estavam de pé assistindo a minha batalha, torcendo nem por mim, nem por Ele, mas sim por nós, agora de pé vi quem são de verdade e quem estão comigo em todas as circunstancias, a fé foi restabelecida, as feridas curadas, o olhar volta a brilhar, o amor me alcançou pela oração de quem esteve comigo o tempo todo. Amém

“ O ser humano não existe sem um anjo, ele não é completo sem seu anjo pessoal” Anselm Grun
 (minhafamília,Guinho,Conejo,Cris(oreia),Jackes,Brunão,Guerra,Perereira. Joaquim,Marcela,Magda,Rodolfo,Camila, Fabinho) estes quero de pé, junto comigo, do meu lado sempre..... abraço Fé em Deus.


Texto Cris Campos
Imagem da Net